você está navegando com 
LOGO_2021_FUNDO ESCURO.png

O TheatroFúria é um grupo com trabalho continuado desde o anno 1998, e desde então já montou mais de 20 espetáculos. Destes 20, 13 foram espetáculos de repertório divulgados em quase todos os estados brasileiros por oportunidades geradas por festivais nacionais e internacionais de teatro e programas de circulação de espetáculos. Algumas destas montagens já foram premiadas nacionalmente nas categorias de dramaturgia, encenação, atuação, figurino, sonoplastia e iluminação.
São espetáculos com dramaturgias originais do grupo, abordando temas predominantemente existencialistas não necessariamente humanistas (o questionamento, sempre com um humor ácido, à crença no ponto de vista de que os Sapiens são as criaturas mais importantes deste planeta é justamente o tema de algumas destas peças). É um grupo que no que tange a ideologia está em constante indagação e crê que uma boa dúvida é teatralmente mais estimulante do que verdades cristalizadas.
Desde o anno 2010 o grupo tem investido também em intercâmbios teatrais com grupos de Mato Grosso (Cia Aqueles2, Coma a Fronteira e Grupo Perebas), Mato Grosso do Sul (Flor&Espinho Teatro), e Santa Catarina (Cia de La Curva e Essaé Cia de Teatro), com objetivo de montar espetáculos com foco em dramaturgia, encenação e eventualmente também em atuação.

O treinamento do quorpo de atuação do TheatroFúria visa a excelência técnica em prol da plenitude na expressão teatral nos variados eixos dramáticos em que o grupo investe, a saber:

No Teatro Dramático ( Personagem/Conflito) se investe em treinamento das Ações Físicas, desenvolvidas a partir dos conceitos de Stanislavski, Grotowski, Eugênio Barba, Roberto Bacci e Cacá Carvalho;

No Teatro Narrativo se investe nas técnicas de manipulação de objetos, de mímica e de narrativas minimalistas (narração de histórias para um expectador por vez);

Nas artes visuais os investimentos são na performatividade que chamamos de Alegorias Performativas (os performers executam roteiros performativos com ações explícitas com o intuito de se fazer imediata a compreensão por parte dos expectadores pegados de surpresa em seus quotidianos, do que se propõe a intervenção urbana, mais ou menos como acontece quando se depara com uma charge estática de jornal, onde a comunicação dispensa os conceitos explicativos – muito comuns no mundo da arte contemporânea).

 

Foto de Fred Gustavo, ensaio fotográfico do Theatro Fúria para a estreia do espetáculo O Pirata & Deus no ano de 2018, realizada no Sesc Arsenal.

Clique para assistir a webserie de três episódios sobre os treinamentos do grupo.

A forma objetiva de se perceber qual é o rumo em que navegamos é conhecer os nossos espetáculos. Porém o repertório contemporâneo do TheatroFúria nesta altura do século XXI não é mais o mesmo do que era quando se iniciou a partir do fim do século XX. Clique para conhecer os espetáculos que não estão mais em cartaz - porém mostram a rota da nossa Carta Náutica em permanente construção.

Clique e leia as críticas teatrais de alguns de nossos espetáculos, obtidas em festivais nacionais e internacionais  de teatro  e em turnês nacionais.