você está navegando com 
LOGO_2021_FUNDO ESCURO.png

performance 

A Justiça dos Poderes a
Mim Conferidos

O que é a Justiça? Quem dela se beneficia e quem a teme? Como ela se revela na prática? Quando ela é invocada e quando ela inexiste?  Onde supostamente a Justiça existe e onde dela se carece? Por que a Justiça é escrita com “J” maiúsculo?

Uma performance do TheatroFúria inspirada nos livros de História mundial e brasileira e nas notícias diárias internacionais e nacionais a respeito dos direitos conquistados por uns poucos privilegiados e pela carência de direitos da grande maioria da humanidade.

 

Sinopse

A todos os petulantes

que há muito tempo têm rido

toda a vez que da existêcia

da Justiça têm ouvido

destinamos este recado:

Vamos fazer percebido

os poderes da Justiça

e a quem foram conferidos.

Ficha técnica

Concepção: Theatro Fúria

Direção: Péricles Anarckos

Figurino: Theatro Fúria e Coletivo Coma a Fronteira

Atores: Caio Ribeiro, Carolina Argenta e Péricles Anarckos

Sonoplastia e produção: Carolina Argenta
Duração: Depende do percurso a ser definido

 

CLASSIFICAÇÃO LIVRE
 

ESTA PERFORMANCE INTEGRA A TRILOGIA DOS CABOS 
Clique aqui para conhecer